Header Ads

Mulher deixa emprego para amamentar namorado de 36 anos em casa


Uma mulher decidiu largar o emprego de bartender para amamentar seu namorado, um fisiculturista de 36 anos, a cada duas horas. O caso aconteceu em Atlanta, nos Estados Unidos (EUA). Jennifer Mulford e Brad Leeson optaram pela amamentação após integrarem um movimento chamado Adult Breastfeeding Relationship (ABR), que incentiva à amamentação adulta.

A americana contou ao tabloide britânico The Sun que era solteira quando descobriu o ABR em um site. "Quando eu li que a amamentação poderia criar um vínculo entre duas pessoas eu fiquei com inveja. Eu sempre gostei de meus seios serem tocados durante o sexo mais do que qualquer outra coisa, então eu sabia que eu iria gostar", disse Jennifer.

A fim de encontrar um parceiro para alimentar, a americana de Atlanta passou a procurar alguém interressado em sites de namoros, fóruns de ABR, chegando até a colocar anúncio no site Craigslist.


Mas foi numa conversa com Brad, antigo namorado na época escolar, que Jennifer percebeu que ele poderia ter interesse na amamentação adulta. "Nós estávamos conversando e Brad me disse que tinha uma coisa por mulheres de seios grandes, e que tamanho tinha sido sempre um fator em seus relacionamentos”, contou a mulher.

Após aceitar o convite, o fisiculturista começou a própria pesquisa sobre ABR, em pouco tempo, se tornaram mais que amigos. "Naquele momento, eu sabia que eu tinha um parceiro para a vida. Nós dois queríamos a mesma coisa para a relação - uma ligação mágica que só a amamentação poderia alcançar", revelou Jenniffer.

Há mais de 20 anos sem amamentar, Jenniffer não produz mais leite. Para conseguir a produção, os seios passam por sessões de sucções a cada duas horas, como se alimentasse um bebê. A tarefa é executada por Brad e, quando ele não está, é feita com um sugador artificial. Além do processo de sucção, a mulher ingere hormônios diariamente para potencializar as chances de produção de leite.

Nenhum comentário